Queda Capilar

Cabelos bonitos e saudáveis são muito valorizados e desejados em nossa cultura. Desta maneira, o aumento da queda capilar gera muita preocupação e ansiedade tanto em homens quanto mulheres, e sempre surge aquela preocupação: “Dra. Será que vou ficar careca?"

Por conta da importância do tratamento das alterações capilares, criamos em nossa clínica o setor de tricologia (subespecialidade da dermatologia que cuida dos cabelos). Aqui falaremos de duas frequentes causas de queda capilar: a alopecia androgenética e o eflúvio telógeno.

Chamamos de alopecia a redução parcial ou total de pelos ou cabelos em uma determinada área da pele.

As principais causas de alopecia são a androgenética e o eflúvio telógeno. A alopecia androgenética, também chamada de calvície, é uma desordem hereditária androgênico-dependente, ou seja, é relacionada com o hormônio sexual masculino: a testosterona. Trata -se da causa mais frequente de alopecia em homens, mas também afeta mulheres. Começa a se manifestar na puberdade e vida adulta e seu padrão e severidade varia de indivíduo para indivíduo.

Chamamos de eflúvio telógeno o aumento da queda dos cabelos telógenos em resposta, na maioria das vezes, a mudanças na saúde do indivíduo.Consiste na alteração do ciclo de vida capilar que é composto por 3 fases: anágena (dura anos, é a fase em que o cabelo cresce), catágena (dura semanas, é a fase de involução do fio) e telógena (dura meses, é a fase em que o cabelo cai). Cada fio de cabelo completa seu ciclo de maneira independente e a maior parte deles está simultaneamente na fase anágena. No eflúvio telógeno há uma porcentagem maior de cabelos na fase telógena e por isso, há maior queda.

O tricologista é o profissional que trata da saúde dos cabelos e couro cabeludo. Ele se utiliza da tricoscopia para diagnóstico e seguimento das doenças dos cabelos.

A tricoscopia consiste em um exame rápido, não invasivo e indolor feito no consultório dermatológico com um fotovideodermatoscópio e que tem como objetivo estudar as doenças do couro cabeludo e da haste capilar. Além da tricoscopia, pode ser necessária a realização de exames de sangue complementares para alguns casos.

Uma vez feito o diagnóstico correto da causa de queda capilar, é feita a programação de tratamento.

Na maioria dos casos, são prescritas medicações orais e tópicas para o tratamento em casa de acordo com a avaliação individual de cada paciente.

Além do tratamento prescrito para uso domiciliar, são propostos tratamentos para serem realizados no consultório como a mesoterapia ou intradermoterapia capilar e o laser fracionado não ablativo. A intradermoterapia ou mesoterapia consiste na aplicação, diretamente no couro cabeludo, de diversas substâncias que auxiliam na desaceleração da queda e no estímulo do crescimento do fio. Já o laser fracionado não ablativo age no bulbo do fio, e na circulação sanguínea, também auxiliando na aceleração do crescimento capilar. Essas tecnologias têm mostrado resultados animadores no tratamento mais completo das alopecias.

A queda de cabelos é algo muito frequente e não pode ser menosprezada, uma vez quanto mais precoce o seu tratamento, melhores e mais rápidos serão os resultados e resolução da doença em questão.  

Localização

R. Mato Grosso, 306, cj 514,
Higienópolis, São Paulo.

Horário de
Funcionamento

Segunda à Sexta:
09h00 às 21h00

Contato

(+55 11) 4323-2969 / 4323-2964 / 2114-6220
(+55 11) 94368-3477
Envie sua mensagem aqui

Siga-nos